O HIV é um virus inofensivo e não transmite a AIDS
   2 de dezembro de 2013   │     11:56  │  146

Brasília – O doutor Peter Duesberg é agora “persona non grata” para a indústria da AIDS, e tudo porque ele provou que  o HIV não transmite a AIDS.

Professor de Biologia Molecular da Universidade da Califórnia, Peter Duesberg teve a coragem de desafiar a indústria da AIDS,  que é formada pelos produtores de medicamentos alopatas, de preservativos e pela medicina mercantilista – que vive da doença; não vive da saúde.

Ele mantém 4 mil pacientes diagnosticados como portadores do HIV, ou seja, os chamados soropositivos, que não tomam remédio algum; são proibidos de tomar remédio.

Não são 4.

Não são 40.

Não são 400.

São 4.000 pacientes e em quase a metade dele o HIV desapareceu espontaneamente, o que levou o doutor Peter Duesberg a concluir que a AIDS  decorre exatamente do remédio que se toma para combater o HIV.

Eu li o trabalho do doutor Peter Duesberg e confesso que cheguei ao orgasmo da satisfação pessoal, porque, ainda que me falte engenho e arte, eu sempre desconfiei da existência de um submundo por trás da AIDS – um negócio lucrativo, por certo.

Segundo o doutor Peter, o HIV ( Human Immunodeficiency Virus )”é um vírus passageiro e inofensivo, existente muito antes da epidemia de AIDS”.

De fato, o HIV foi identificado e isolado em 1938 pelos cientistas Robert Gallo e Lue Montagnier e a AIDS é uma “invenção” da década de 1980.

O professor Peter Duesberg concorda que o HIV pode ser transmitido no ato sexual, mas, em relação à AIDS, ele provou que se trata apenas do “marcador substituto” – ou seja, é a variável intimamente relacionada com outra, que é a verdadeira causa da doença.

E, agora, pasmem! O doutor Peter Duesberg disse que “o consumo de drogas ( remédios ) equivocadamente usada para combater o HIV, leva à AIDS”.

Não por coincidência, todos que morreram de AIDS estavam sob cuidados médicos.

E, agora, pasmem novamente com o que disse o doutor Peter:

-“O AZT e outras drogas usadas para combater o HIV estão, na verdade, provocando a doença (AIDS) em pessoas que seriam HIV positivas saudáveis”.

Ao ler o trabalho do doutor Peter Duesberg eu me lembrei da música do Chico Buarque de Holanda, “Fado Tropical”, que diz assim:

Todos nós herdamos do sangue lusitano uma boa dosagem de lirismo, além das sífilis, é claro.

Ou seja: o HIV pode estar presentes no sangue e isto não quer dizer que a pessoa está condenada. E como ensina o doutor Peter, não deve jamais tomar remédio para combater o HIV.

Portanto, se um dia eu for diagnosticado como soropositivo eu nem me preocupo. E se vierem me dar remédio para combater o HIV eu chamo o doutor Peter.

Ah! Ia esquecendo de dizer que o doutor Peter Duesberg tem o apoio de dois prêmios Nobel de Química e acaba de ser contratado pelo governo da África do Sul para coordenar o programa de combate à AIDS.

E por que a tese dele não se alastrou?

Porque a mídia capitalista também depende da indústria da AIDS, pois é de lá que vem as gordas verbas publicitárias.

Então, gente, vamos deixar de paranoia e procurem ler o trabalho do doutor Peter. Apesar de ele ter sido considerado “persona non grata” pela indústria da AIDS, não conseguiram ( ainda ) destruir o trabalho dele. 

COMENTÁRIOS
146

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Silva

    Olá Você está na necessidade urgente de empréstimo para pagar a sua dívida iniciar um negócio ou iniciar uma casa ??? em seguida, aqui vem uma empresa que você confiança táxi e relé em 100% certo porque esta é a empresa onde eu descontou o meu empréstimo para a minha medicação mãe hoje para entrar em contato com Stella Rene Empréstimo empresa de bens testado e confiável e hoje eu estou feliz que eu tenho o meu empréstimo de 120.000 de hoje para se conectar hoje e-mail abaixo [email protected] e obter a resposta para todos os seus problemas, porque eu não posso manter este grande testemunho sozinho para minha auto então eu decidir escrever no site porque uma grande alegria veio ao meu coração e hoje eu estou vivendo uma nova vida tudo graças a Stella Rene

    Silva

  2. William Paul

    Bom dia Sir / Madam:

    Conseguir um empréstimo legítimos têm sido sempre um problema enorme para os clientes
    que têm problema financeiro e precisa de solução para ele. A questão da
    crédito e garantias são algo que os clientes estão sempre preocupados
    sobre quando procuram um empréstimo de um emprestador legítimo. Mas .. temos feito
    essa diferença de indústria do empréstimo. Nós podemos mandar para um empréstimo
    a partir da faixa de US $ 2.500. para US $ 500,000.000 tão baixo como 3%

    Nossos serviços incluem o seguinte:
    Consolidação da dívida
    Segunda hipoteca
    Empréstimos de negócio
    Empréstimos pessoais
    Empréstimos internacionais
    Empréstimo para quaisquer tipos
    Empréstimo família
    E.T.C

    Sem segurança social e sem verificação de crédito, garantia de 100%. Tudo que você tem
    a fazer é deixar-nos saber exatamente o que você quer e vamos certamente fazer
    seu sonho realidade. ([email protected]). diz SIM quando seus bancos
    diga não. Por último, nós financiamos empresa empréstimo de pequena escala, intermediários, pequeno
    dimensionar instituições financeiras pois temos de capital ilimitado. Para
    mais detalhes ir sobre a aquisição de um contato de empréstimo de nós, Gentilmente
    respondeu imediatamente a este e-mail: [email protected]

  3. MR WILLIAMS


    Good day
    Somos uma organização cristã formada para ajudar as pessoas que precisam de ajuda,
    como help.So financeira, se você está passando por dificuldades financeiras ou
    você está em qualquer confusão financeira, e você precisa de dinheiro para começar seu próprio negócio,
    ou se você precisa de empréstimo para liquidar a sua dívida ou pagar suas contas, começar um negócio bom,
    ou se você achar que é difícil obter empréstimo de capital de bancos locais, entre em contato conosco hoje via
    email: [email protected]
    Portanto, não deixe esta oportunidade passar por você.
    Por favor, isso é para mente graves e pessoas tementes a Deus.

    FICHA DE INSCRIÇÃO
    Nome: ———————–
    Endereço: ——————–
    País: ——————–
    Profissão: —————–
    Valor do empréstimo: —————-
    Finalidade do empréstimo: ————
    Empréstimo Duração: ————–
    Renda Mensal: ————-
    Telefone :: ————–
    Duração: ——————-

    Por favor, volte para nós através do nosso e-mail
    E-mail: [email protected]

  4. MR WILLIAMS

    Good day
    Somos uma organização cristã formada para ajudar as pessoas que precisam de ajuda,
    como help.So financeira, se você está passando por dificuldades financeiras ou
    você está em qualquer confusão financeira, e você precisa de dinheiro para começar seu próprio negócio,
    ou se você precisa de empréstimo para liquidar a sua dívida ou pagar suas contas, começar um negócio bom,
    ou se você achar que é difícil obter empréstimo de capital de bancos locais, entre em contato conosco hoje via
    email: [email protected]
    Portanto, não deixe esta oportunidade passar por você.
    Por favor, isso é para mente graves e pessoas tementes a Deus.

    FICHA DE INSCRIÇÃO
    Nome: ———————–
    Endereço: ——————–
    País: ——————–
    Profissão: —————–
    Valor do empréstimo: —————-
    Finalidade do empréstimo: ————
    Empréstimo Duração: ————–
    Renda Mensal: ————-
    Telefone :: ————–
    Duração: ——————-

    Por favor, volte para nós através do nosso e-mail
    E-mail: [email protected]
    OBRIGADO

  5. louis sonia

    Olá sou deputada, Louis Sonia Am um emprestador empréstimo legítimo e confiável dar empréstimos
    em um termos e condições claros e compreensíveis na taxa de juros de 2%. a partir de
    USD 12.000 dólares para 8000 mil dólares, euros e libras somente. Eu dou a empréstimos de negócio,
    Empréstimos pessoais, empréstimos estudantis, empréstimos de carro e empréstimos para pagar as contas. Se você
    precisa de um empréstimo que você tem a fazer é para você entrar em contato comigo diretamente
    em: [email protected]
    Deus Te Abençoe.
    Atenciosamente,
    Mrs Louis Sonia
    Email: [email protected]

  6. Lucy

    Estou surpreso e chocado sempre com o grande milagre que aconteceu na minha família, meu marido e eu fui a vários hospitais e I foram testados HIV positivo no ano passado em outubro e meu marido era HIV negativo Fiquei tão surpreso porque eu ainda estava doente na época e que nos levam para o hospital, mas o médico confirmou que ele tinha problemas renais. desde que gastaram dinheiro em torno de obter drogas de um hospital diferente, eu estava olhando através da internet para obter ajuda quando eu vi um comentário de pessoas falando sobre como Dr. Anthony Odia ajudou a curar sua doença HIV e outras doenças, I don ‘t acreditar, mas eu basta escolher para experimentar as ervas e entrei em contato com ele pelo e-mail ([email protected]) e me digam o que fazer, mesmo que o meu foi mais estressante do que meu marido diferentes ervas foi enviado para nós. Para minha surpresa, meu marido e eu esperei pacientemente para o tratamento e as instruções dadas a nós por este homem chamado Odia e fomos para um exame médico e o resultado foi negativo e meu marido reconfirmou e foi bastante correta, mesmo o nosso médico foi confuso, ele disse que nunca viu esse tipo de milagre antes. Dr. Anthony Odia muito obrigado pelo bom trabalho em nossas vidas e Deus irá abençoá-lo para o bom trabalho que você fez. você também entrar em contato com o grande e poderoso homem, se você tem um problema, você pode ligar 2349032913215. enviar e-mail me se não pode chegar [email protected] ele.

  7. Marian

    Eu ainda sou chocar e surpreender este grande milagre que aconteceu na minha família, meu marido e eu tenho sido de diferentes doenças i foi testado HIV positivo no ano passado, outubro e meu marido era HIV negativo Fiquei tão surpreso porque ele estava mesmo doente naquele momento e que nos levam para o hospital, mas o médico confirmou que ele tinha problema renal. desde então temos vindo a gastar dinheiro em todo recebendo medicamentos do hospital diferente, eu estava procurando através da internet para ajudar quando eu vi um comentário de pessoas falando sobre como o Dr. Paul Emen ajudou a curar sua doença HIV e outras doenças, eu didn ‘ t acreditar, mas eu só escolher dar tentar as ervas e entrei em contato com ele através deste e-mail ([email protected]) e foi-me dito o que fazer, embora o meu foi mais estressante do que a de meu marido diferentes ervas foi enviado para o tanto de nós. Para minha maior surpresa depois de mim e meu marido ir pacientemente através do tratamento como a instrução dada a nós por este homem chamado Emen e fomos para um exame médico e o resultado foi negativo e confirmou mais uma vez que o meu marido estamos perfeitamente bem, até mesmo a nossa médico estava confuso, ele disse que nunca tinha visto este tipo de milagre antes. Dr Paul Emen nós verdadeira aprecio um bom trabalho em nossa vida de e Deus irá abençoá-lo para o bom trabalho que está fazendo. você também entrar em contato com este grande e poderoso homem, se você tiver qualquer problema através de seu e-mail: [email protected]. você pode muito bem chamar-lhe 2348153930869. enviar e-mail me se não pode alcançá-lo [email protected].

  8. Angela

    Houve um monte de dúvidas sobre a cura da aids hiv, eu também estava duvidaram, mas agora eu tenho a acreditar que o milagre que eu recebi também pode ser de grande ajuda para o mundo. Meu nome é Angela meu email é [email protected] Eu vivi com esta doença mortal por mais de um ano, o meu marido descobriu que estávamos ambos HIV positivo. Tentamos por todos os meios para viver nossas vidas, apesar de essa coisa no nosso corpo é somente quando nós tropeçavam este poderoso herbalista que ele retratou cura. No início, estávamos mais cético, mas meu marido insistiu em dar-lhe uma tentativa e pedimos para algumas de suas ervas e algumas semanas após a conclusão do processo devido a este fitoterapeuta, fomos para um teste como também dissemos, nós foram esmagados felicidade quando recebi os resultados na clínica. A taxa de vírus no corpo e caiu dentro de algumas semanas, fomos completamente cicatrizado. Também perguntou por que ele não veio para o mundo que ele tinha a cura e ele disse que fez em 2011, mas foi rejeitada pela equipe de pesquisa internacional. A coisa mais importante é para você ser curado, se você quer saber sobre esta chamada fitoterapeuta em +2349032913215 ou e-mail: [email protected]. Deus te abençoe. .

    Fale agora [email protected]

  9. HAPPY

    Meu nome é feliz, dos EUA, eu quero testemunhar de como eu tenho curado de HIV AIDS. Eu tenho vivido com esta doença mortal para o passado 11 meses, eu fiz tudo o que posso para curar esta doença, mas todos os meus esforços foram abortiva até que eu encontrei um velho amigo meu que me contou sobre um Herbalist Africano que usam ervas e raízes para curar todo o tipo de doenças, embora eu nunca acreditei que ele pode curar o HIV, mas eu decidi dar-lhe uma tentativa, quando entrei em contato com ele, ele me ajudou a expulsar o vírus do meu corpo, baixa e eis que, quando eu fui para um check-up i foi-me dito que eu sou negativo. Contacte esta grande Herbalist através deste e-mail [email protected] e [email protected] ou você pode entrar em contato comigo para obter mais brilho me add no facebook [email protected].

    Ones agradecer novamente a você doutor Paul Emen i vai manter testemunhando sobre você por salvar minha vida.

  10. Angela

    Houve um monte de dúvidas sobre a cura da aids hiv, eu também duvidei, mas agora eu tenho a acreditar que o milagre que eu recebi também pode ser de grande ajuda para o mundo. Meu nome é Angela meu email é [email protected] Eu vivi com esta doença mortal por mais de um ano, meu marido descobriu que nós éramos ambos HIV positivo. Nós tentamos por todos os meios para viver nossas vidas, apesar de esta coisa no nosso corpo é apenas quando tropeçavam este poderoso herbalista que ele retratou cura. No início, estávamos mais cético, mas meu marido insistiu em dar-lhe uma tentativa e pedimos para algumas de suas ervas e algumas semanas após a conclusão do processo devido a este fitoterapeuta, fomos para um teste como nós também disse, nós foram esmagados felicidade quando recebi os resultados na clínica. A taxa de vírus no corpo e caiu em algumas semanas estávamos completamente cicatrizado. Também perguntou por que ele não veio para o mundo que ele tinha a cura e ele disse que fez em 2011, mas foi rejeitado pela equipe de pesquisa internacional. A coisa mais importante é para você ser curado, se você quer saber sobre esta chamada fitoterapeuta no 2349032913215 ou e-mail: [email protected] ou [email protected]

  11. Mark Brown

    Meu nome é Mark Brown e sou de EUA, gostaria de compartilhar este testemunho para o mundo ouvir sobre ele também este homem realmente sair eu era HIV positivo durante seis anos eu estar na medicação e eu tento olhar para a cura para o meu problema e eu passar por médico internet e encontrei uma tradição chamada DR. charles i contraiu HIV [email protected] por ajuda, ele me dá todas as suas leis e governar que se eu ficar curado eu deveria escrever sobre ele e é isso que estou fazendo agora, este homem de pedir algumas informações sobre mim, que eu lhe dou este homem me curar do HIV que é um grande homem de agradecimento por sua ajuda quando ele obter as informações que ele me disse que ele está prestes a trabalhar com ele 20 a 30 minutos este homem me escreva e me disse o que fazer para a cura que eu fiz depois de todas as coisas necessárias para a cura é fornecer o homem me chamar de 45min mais tarde e dizer-me para ir para o teste que é um grande dia para mim, eu era obrigado Dr. Charles negativos que você pode através do seu endereço de e-mail, [email protected]

  12. Angela

    Houve um monte de dúvidas sobre a cura da aids hiv, eu também era ter duvidado, mas agora eu tenho a acreditar que o milagre que eu recebi também pode ser de grande ajuda para o mundo. Meu nome é Argenis meu email é [email protected] Eu vivi com esta doença mortal por mais de um ano, meu marido descobriu que nós éramos ambos HIV positivo. Nós tentamos por todos os meios para viver nossas vidas, apesar de esta coisa no nosso corpo é apenas quando tropeçavam este poderoso herbalista que ele retratou cura. No início, estávamos mais cético, mas meu marido insistiu em dar-lhe uma tentativa e pedimos para algumas de suas ervas e algumas semanas após a conclusão do processo devido a este fitoterapeuta, fomos para um teste como nós também disse, nós foram esmagados felicidade quando recebi os resultados na clínica. A taxa de vírus no corpo e caiu em algumas semanas estávamos completamente cicatrizado. Também perguntou por que ele não veio para o mundo que ele tinha a cura e ele disse que fez em 2011, mas foi rejeitado pela equipe de pesquisa internacional. A coisa mais importante é para você ser curado, se você quer saber sobre esta chamada fitoterapeuta em +2349032913215 ou e-mail: [email protected]. Deus te abençoe.
    Fale agora [email protected]

  13. Baby

    Olá,
    Até hoje as pessoas ainda duvidam que a cura para o HIV / AIDS, eu também ainda estava em dúvida até que eu recebi este grande mirracle agora eu sou agora um crente e um atestado de cura do HIV / SIDA.
    Meu nome é Baby, eu sou o último a nascer dos filhos de meu pai meu e-mail é [email protected] e você pode me seach no facebook. Alguns anos atrás eu fui diagnosticado deste vírus HIV i quase tirar minha própria vida, porque eu estava tão indefeso um amigo meu reffer a um fitoterapeuta e eu realmente era redundantes, mas mais tarde eu decidi colocar uma sonda e entrei em contato com ele depois que ele tem preparou as ervas que ele enviou para mim no meu país através do serviço de correio e eu recebi as ervas em menos de três dias de trabalho e eu usei-o de acordo com a sua receita após sete dias, fui ao hospital para verificar o meu estado de novo, porque eu estava me sentindo diferentemente da maneira que eu usei quando eu estava testou positivo para a minha maior surpresa do estado foi negativo os médicos não havia surpresa e eu estava mais whelmed e desde então eu fui a pessoa mais feliz do mundo. Portanto, meu caro Pare de duvidar e morrendo de dor Eu recomendo que você Dr. Paul EMEN, o seu endereço de e-mail: [email protected] OU [email protected] você também pode chamá-lo de 2348053794667.

  14. Tajuana

    Olá,
    Eu fui diagnosticado desta doença mortal HIV um amigo meu introduzir o Dr. Paul EMEN para mim e eu realmente tive contato com ele depois que ele foi preparar o que ele disse que vai fazer e ele enviou para mim e eu usei-o de acordo com a sua receita após uma semana eu fui ao hospital para verificar o meu estado de novo, porque eu estava me sentindo diferente da maneira como eu usava quando foi testado positivo para a minha maior surpresa, o estado foi negativo os médicos de lá era surpresa e eu tenho que dizer ao mundo inteiro sobre isso Se você ainda está tendo este problema semelhante eu recomendo que você o Dr. Paul EMEN para você aqui é o seu e-mail: herbalist [email protected] OU okonofua [email protected] você pode chamá-lo a qualquer momento em 2348053794667. se precisar de mais informações de sobre o grande salvador de vida simplesmente contactar-me [email protected], a minha felicidade não tem limite. Deus abençoe por sua grande sinceridade e da verdade.

  15. Tajuana

    Meu nome é Adilson Tajuana eu sou do México , era real sério na minha vida como um HIV positivo , quem vai acreditar que a erva pode curar Oito anos HIV no meu corpo e eu estava tendo problema na minha pele em resultado deste vírus, eu nunca acreditar que isso vai funcionar eu tenho gasto muito dinheiro comprando drogas do hospital para me manter saudável e eu estava esperando por essa morte para vir , porque eu era impotente , um dia i duro sobre este grande homem que é bem conhecido de HIV e cura do câncer , eu decidi enviar-lhe ( [email protected] ) , sem saber, para mim que este será o fim do HIV no meu corpo , preparou a erva para mim e para enviá-lo ao serviço de correio através de , e deu me instruções sobre como levá-lo, no final dos cerca de alguns dias, ele me disse para ir para o hospital para um check-up , e eu fui , surpreendentemente , após o teste, o médico confirmou -me negativa , eu pensei que era uma piada , eu fui para outros hospitais não acreditei que sou HIV negativo. Eu realmente quero dar graças a DR . PAUL EMEN por salvar a minha vida , eu nunca acreditei que eu vou ser HIV negativo hoje , por favor, meus queridos amigos , me ajude a agradecer DR . PAUL EMEN para o que ele tem feito na minha vida eu sou grato Sir . se você está tendo mesmo problema por favor entre em contato com ele através deste e- mail ( [email protected] ) .
    eu te amo DR . PAUL EMEN eu nunca te esquecer, e eu prometo para compartilhar este testemunho todo lá e em qualquer lugar que eu esteja. obrigado novamente .

  16. julio

    Gente na epoca que veio essa historia de aids,os medicos não procuravam nas suas casas as enfermidades eles iam no hospital,um lugar que pessoas sadias saiem enfermas,tem bacterias hospitalares horriveis etc…
    sem contar que no passado pessoas tinha turbeculoses pneumonias candidas etc…
    Só que eles viam caso de drogados e homossexuais na epoca e quando ouvia falar de que tinha mais um nessas categoria em algum hospital nos E.U.A eles ia lá ver, e encontravam pacientes com efermidade com mais numero que de outros e foi subido a lista de candida herpes sarcoma etc… porque não era um conjunto unico?
    porque eram pessoas que viviam uma vida desregrada cheias de drogas se alimentavam mal,falam de pessoas que morriam de doenças respiratoria ou até parada tava sempre ligado a pessoas que fumava se drogava ,elas eram diagnosticava como se tinha aids, sem exames sofisticados como hoje,e não diziam para elas que o comportamento delas que era o pior risco,até porque muitas já estava já estado deteriorado,até parece que pessoas de hoje em dia não sabe o efeito do crack?!
    como só se alimentam da droga começam ter feridas e muitos males no corpo pega um cara desse e faça o teste e encontrará também,e certamente em todos que fazem o uso,o corpo dessa pessoa as defesas já estão em colapso,assim como é hoje era no passado, é uma vez afirmado com um mal desse “aids” se você morre daqui 2 dias ou daqui 20 anos então ficará confirmado para esse grande mito que você morreu pela doença,afinal todos morrem ,e todos quanto mais vive se aproxima de ficar com suas defesas baixas o envelhicemento natural faz parte,ou afinal de contas o idosos gozam de perfeita saude? são poucos que conseguem!
    então essa doença sempre se confirmara para aqueles que passaram acreditar nela.

  17. Maria Rivaldo

    Eu tenho vivido com esta doença mortal por mais de um ano, o meu marido, descobri que estávamos ambos HIV. Tínhamos tentar de todas as maneiras de viver nossas vidas, apesar desta coisa em nosso corpo não até que me deparei com este poderoso herbalista que interpretou que ele tinha a cure.At primeiro, ficamos mais cético, mas meu marido insistiu em dar-lhe uma tentativa e pedimos para algumas de suas ervas e em poucas semanas depois de seguir o devido processo desta fitoterapeuta, fomos para um teste de como ele nos disse também fomos surpreendidos com a felicidade quando recebi o resultado na clínica. A taxa de vírus em nosso corpo caiu e em mais algumas semanas Estávamos totalmente cured.We também perguntou por que ele não veio para o mundo que ele tinha a cura e ele disse que fez em 2011, mas foi rejeitada pela equipe de pesquisa internacional. A coisa mais importante é para você ser curado Se você quer saber sobre esta chamada fitoterapeuta em 234 706 542 4920 ou e-mail: [email protected]. Deus os abençoe.

  18. Aminaabdul

    Tudo graças ao Dr. John para a cura , ele me deu ….. Dr. João tradicional curandeiro da via email: [email protected]
    Sinceramente eu foi testado HIV + positivos últimos 3 anos. Eu continuo a gestão dos medicamentos eu costumo comprar da agência de cuidados de saúde para me manter saudável e fortalecer , eu tentei tudo que eu posso também fazer esta doença me deixe em paz , mas, infelizmente, continuam a comer -me é isso que eu causado a mim mesmo, para permitindo que a minha franca make sexo para me insegura , sem proteção, embora eu nunca soube que ele é HIV positivo. Então últimos quatro dias eu entrei em contato com um artigo animada na internet sobre como esta poderosa Herb Healer levá-la bem e curado. Assim como um paciente eu sabia que esta vontade levou a minha vida um dia , e eu preciso para viver com outros amigos e parentes também. Então eu copiei o Dr. João tradicional curandeiro da via email: [email protected] e eu enviei -lhe de imediato, em pouco tempo ele me enviar de volta que eu era bem-vindo à sua casa templo estavam por todos o que eu procurar são concedidos . Fiquei por favor nesse momento. E eu continuar com ele, tomou alguns poucos detalhes de mim e me disse que ele deve voltar para assim que ele é através de com o meu trabalho . Fiquei muito feliz em ouvi isso dele . So Yesterday , como eu estava vindo da minha casa de amigos , o Dr. CHARLES me chamou para ir para o check-up no hospital e ver a sua obra maravilhosa que agora é HIV negativo , fiquei muito feliz em ouvir isso dele , então eu rapidamente apressar -se ao hospital mais próximo para descobrir, só de ouvir de meu médico hospitalar chamado HARRISON que eu sou agora HIV negativo . Eu salto para ele com a nota do teste, ele me perguntar como isso acontece e eu diminuir a ele tudo o que eu passei com o Dr. CHARLES agora estou feliz , então eu sou um tipo suave de pessoa que precisa de compartilhar esse testemunho para todos que buscam a cura, porque uma vez que você começa calmo e tranquilo , assim que a doença chegou a terminar a sua vida fora . Então eu vou aconselhá-lo em contato com ele hoje para a sua cura para os detalhes acima : E-mail ID: [email protected] contatá-lo agora para salvar sua vida, se você quiser fazer qualquer pergunta meu e-mail : [email protected] eu sou tão feliz de modo a responder a qualquer corpo em minhas estátuas formais. queridos novamente graças a DR John pois ele é tão poderoso e prestativo.

  19. aminah

    Meu nome é Aminah , era real sério na minha vida como um HIV positivo , quem vai acreditar que a erva pode curar Oito anos HIV no meu corpo e eu estava tendo problema na minha pele em resultado deste vírus , eu nunca acredito que esta vai trabalhar eu tenho gasto muito dinheiro comprando drogas do hospital para me manter saudável e eu estava esperando por essa morte para vir , porque eu era impotente , um dia i duro sobre este grande homem que é bem conhecido de HIV e cura do cancro, eu decidi enviar-lhe , sem saber, para mim que este será o fim do HIV no meu corpo , preparou a erva para mim, e me deu instruções sobre como levá-lo, no final dos cerca de alguns dias, ele disse me para ir para o hospital para um check-up , e eu fui , surpreendentemente , após o teste, o médico confirmou -me negativa , eu pensei que era uma piada, eu fui para outros hospitais não acreditei que sou HIV negativo. Eu realmente quero dar graças a DR . PAUL EMEN por salvar a minha vida , eu nunca acreditei que eu vou ser HIV negativo hoje , por favor, meus queridos amigos , me ajude a agradecer DR . PAUL EMEN para o que ele tem feito na minha vida eu sou grato Sir . se você está tendo mesmo problema por favor entre em contato com ele através deste e- mail ( [email protected] ) ou ligue para ( 234 ) 8053794667 ) .
    eu te amo DR . PAUL EMEN eu nunca te esquecer, e eu prometo para compartilhar este testemunho todo lá e em qualquer lugar que eu esteja. obrigado novamente .

    1. Henry

      Sinceramente, eu foi testado HIV + positivos últimos 3 anos. Eu continuo a gestão dos medicamentos eu costumo comprar a partir da agência de cuidados de saúde para me manter saudável e strenghtful, eu tentei tudo que eu puder para tornar esta doença beiral me sozinho, mas, infelizmente, continuar a comer a minha vida, é isso que eu causado eu, por permitir que o meu noivo fazer sexo para me inseguro, sem proteção, embora eu nunca soube que ele é HIV positivo. Então últimos dois meses eu entrou em contato com um artigo animada na internet sobre como esta erva poderosa Healer levá-la bem e curado. Assim como um paciente i sabia que essa vontade pegou minha vida um dia, e eu preciso para viver com outros amigos e parentes também. Então eu copiei o Dr. Água, ID de e-mail do médico tradicional: [email protected] e eu enviar-lhe de imediato, em pouco tempo ele me mail de volta que eu era bem-vindo à sua casa templo em que tudo o que eu procurar são concedidos. Eu estava por favor naquele momento. E eu continuar com ele, tomou alguns poucos detalhes de mim e me disse que ele deve voltar para mim assim que ele é através de com o meu trabalho. Eu estava muito feliz como ouvi isso dele. So Yesterday, como eu estava saindo da minha casa de amigos, o Dr. água me chamou para ir para checkup no hospital e ver o seu trabalho maravilhoso que agora é HIV negativo, eu fiquei muito feliz em ouvir isso dele, tão rapidamente correm para baixo para o hospital mais próximo para descobri, apenas para ouvir de meu médico hospitalar chamado Browning Lewis que eu sou agora HIV NEGATIVO. Eu salto para ele com a nota de um teste, ele me perguntar como isso acontece e eu residir com ele tudo o que eu passei com Dr água. Agora estou feliz, então eu sou um tipo suave de pessoa que precisa de compartilhar esse testemunho a todos que buscam a cura, porque uma vez que você começa calmo e tranquilo, assim que a doença chegou a terminar a sua vida fora. Por isso, vou aconselhá-lo em contato com ele hoje para a sua cura com os detalhes acima: Email ID: [email protected] ou você também pode chamá-lo em 2349050205019. Contacte-lo agora para salvar sua vida e médico também curar todos os tipo de doença e enfermidade: [email protected] como ele é tão poderoso e útil para todos os que têm essa doença …

  20. Aminah

    Sinceramente eu foi testado HIV + positivos últimos 3 anos. Eu continuo a gestão dos medicamentos eu costumo comprar da agência de cuidados de saúde para me manter saudável e fortalecer , eu tentei tudo que eu posso também fazer esta doença me deixe em paz , mas, infelizmente, continuam a comer -me é isso que eu causado a mim mesmo, para permitindo que a minha franca make sexo para me insegura , sem proteção, embora eu nunca soube que ele é HIV positivo. Então últimos quatro dias eu entrei em contato com um artigo animada na internet sobre como esta poderosa Herb Healer levá-la bem e curado. Assim como um paciente eu sabia que esta vontade levou a minha vida um dia , e eu preciso para viver com outros amigos e parentes também. Então eu copiei o Dr. Paulo, o tradicional curandeiro da via email: [email protected] e eu enviei -lhe de imediato, em pouco tempo ele me enviar de volta que eu era bem-vindo à sua casa templo estavam por todos o que eu procurar são concedidos. Fiquei por favor nesse momento. E eu continuar com ele, tomou alguns poucos detalhes de mim e me disse que ele deve voltar para assim que ele é através de com o meu trabalho . Fiquei muito feliz em ouvi isso dele . So Yesterday , como eu estava vindo da minha casa de amigos , o Dr. EMEN me chamou para ir para o check-up no hospital e ver a sua obra maravilhosa que agora é HIV negativo , fiquei muito feliz em ouvir isso dele , então eu rapidamente apressar até o hospital mais próximo para descobrir, só de ouvir de meu médico hospitalar chamado HARRISON que eu sou agora HIV negativo. Eu salto para ele com a nota do teste, ele me perguntar como isso acontece e eu diminuir a ele tudo o que eu passei com o Dr. Paul EMEN agora estou feliz , então eu sou um tipo suave de pessoa que precisa de compartilhar esse testemunho para todos os que buscam a cura, porque uma vez que você começa calmo e tranquilo , assim que a doença chegou a terminar a sua vida fora ele também curar outro tipo de doença como diabetes, Harmonia , droga ab -date , epilepsia etc Então eu vou aconselhá-lo em contato com ele hoje para a sua cura para os detalhes acima : E-mail ID: [email protected] contatá-lo agora para salvar seus entes vida novamente graças a DR PAULO EMEN porque ele é tão poderoso e prestativo.

  21. Katarina

    Estou Senhora Katarina Ivanov da região de Saratov, na Rússia eu quero dar graças ao grande Dr. Ogbaide que me ajudar na mudança de HIV + para HIV-. meu médico me disse que eu tenho apenas 3 anos de vida o que realmente tornou-se o meu problema. Um dia, quando eu estava navegando pela internet, eu vi um post testemunho por miss Angela da Espanha sobre a forma como o grande Dr. Ogbaide a ajudou a obter a cura com ervas poderosas e poder sobrenaturais, eu decidir enviar-lhe e, para minha maior surpresa tudo meu problema foi resolvido e agora estou HIV-negativo eu dou as grandes graças Dr. Ogbaide para o que ele fez para mim e estou muito feliz que ele viva por muito tempo. se você tem qualquer problema apenas e-mail dele: [email protected] eu acredito que ele também irá ajudá-lo e que Deus o abençoe

  22. angel

    Sr Roberto,na matéria não vem especificado,há quento tempo esses 4.000 pacientes estão sendo observados. Também não diz se estavam já com os sintomas da doença.Nem se são indivíduos de uma mesma localidade geográfica ou que tipo de dieta vitâminica fazem.Sim,uma pessoa pode ser soropositiva e não ter desenvolvido a doença.Isso não é novidade.Agora,a partir do momento que a pessoa passa a ter os sintomas de imunodeficiência,ela realmente não deve se tratar?O que o Dr.Peter sugere..que uma gripe leve o indivíduo a morte?

  23. cesar

    a unica coisa que nao é absurda é que 90% dos que tao respondendo isso e tao se idgnando com o blog, sao soro positivo.

  24. saulo

    NO MEU MODO DE VER, ESSA MATÉRIA É DE UMA EXTREMA IRRESPONSABILIDADE,E CHEGA A SER UM PROBLEMA DE SAÚDE PUBLICA.

    IMAGINEM SE OS PACIENTES LEVAREM ISSO A SÉRIO. IRIA PREJUDICAR TODO UM TRABALHO DE CONSCIENTIZAÇÃO FEITO COM A POPULAÇÃO DURANTE ANOS PELO MS E OMS.

    PODERIA DIZER QUE ERA UMA PIADA, MÁS
    ESSE ASSUNTO É SERIO DEMAIS, GENTE.

      1. fabio teixeira

        VOCÊS ACHAM QUE UM PREMIO NOBEL, IRIA FALAR TANTA ASNEIRA ASSIM? OU VOCÊS ACHAM QUE ELE SE FORMOU NO INSTITUTO UNIVERSAL BRASILEIRO?

      1. ESSENIO FRAGA

        QUEREM FONTE ENTAO LEIAM CURAS NATURAIS QUE ELES NAO QUEREM QUE VOCE SAIBA. QUEREM PROVAS, POR QUE OS ANIMAIS ADQUIREM DOENÇAS EM CONVIVIO HUMANA QUE NAO IRIAM ADQUIRIR EM ESTADO NATURAL NOS SEUS HABITATS? A PROVA É SIMPLES, ALIMENTAÇÃO E O QUE SE COME OU INEGRE. TAMBÉM ASSIM ACONTECE CONOSCO. A AIDS FOI CRIADA POR CONSUMO DE CARNE DE MACACO, PRIMATA NA AFRICA DO SUL. ALGUNS HUMANOS NAO MANIFESTAM O HIV. POR QUE SERÁ ENTAO QUE ELES NÃO MORREM? REFLITA AI? ESSAS PESQUISAS TEM FUNDAMENTAÇÃO DE UM DR E FUNDAMENTAÇÃO CLINICA. VOCE DUVIDA QUE OS MEDICAMENTOS ANTI-RETROVIRAIS MATAM? CONSUMA AI!

    1. Almir Penna

      Eu tenho um amigo,que é como um irmão,soro positivo por um acidente hospitalar há quase 20 anos.Nunca tomou medicamentos,e nunca teve nenhum problema de saúde de qualquer natureza.

  25. Carlos Manoel

    Olá gente, concordo que pareça loucura, mas só porque o Editor esqueceu de colocar fonte (o que é irresponsabilidade) não quer dizer que seja falso.

    http://super.abril.com.br/ciencia/peter-duesberg-441685.shtml

    Link com uma entrevista de peso.

    Não sejamos dogmáticos, existem várias variantes para um processo tão rígido – o ser humano busca o lucro e o controle das massas faz muito tempo – não quis dizer que é verdade, mas… Refletir não custa!

    1. Roberto Villanova Post author

      Prezado Carlos Manoel: acho que a fonte se chama Peter Duesberg. OU não? E, ainda, blog é um diário, não é para se escrever matéria. Tem gente que acha que sim, mas está errado. Blog é um diário – logo, todo diário é pessoal. Grato pela participação.

    2. Sadock

      Só lembrando que a revista superinteressante não é de cunho científico. Mas a hipótese não deixa de ser interessante.

      1. Roberto Villanova Post author

        Caro Sadock: Isto não é da revista Superinteressante. E ainda que fosse, eu, particularmente, preferiria à ação da medicina mercantilista – que eu conheço e sei como age. Abs. e grato pela participação.

  26. Hugo

    Acho IRRESPONSÁVEL publicar qualquer coisa sem fontes sólidas e sem questionar as pseudo-verdades… em 2 minutos de pesquisa o primeiro fato ridículo sobre sua afirmação “De fato, o HIV foi identificado e isolado em 1938 pelos cientistas Robert Gallo e Lue Montagnier”. AMBOS NASCERAM NA DÉCADA DE 30!!!! Estás a dizer que identificaram o vírus antes de completar 10 anos? Mais notadamente, Gallo nasceu em 1937… ele tinha 1 ano quando descobriu o Vírus? Estude e faça algo bom para o mundo… pare com teorias da conspiração…

    1. Marilia

      Hugo por causa de sua resposta fiz uma pesquisa sobre o Dr Peter Duesberg e fiquei surpreendida com seu curriculum, ele de fato trabalha com um paradigma que tem tido apoio de outros cientistas.

  27. Vinicius

    Tinha muito tempo que eu não lia tamanha asneira na minha vida. Juro que procurei para ver se o site era daqueles de piadas e notícias falsas. Esse pseudo-jornalista nojento deveria ser preso por disseminar uma coisa tão ridícula.

  28. Vinicius

    Tinha muito tempo que eu não lia tamanha asneira na minha vida. Juro que procurei para ver se o site era daqueles de piadas e notícias falsas.

    Esse pseudo-jornalista nojento deveria ser preso por disseminar uma coisa tão ridícula.

  29. JC

    Sem fontes? Sem citação? Texto descartado. Perdi alguns minutos de minha vida lendo isso, poderia estar fazendo algo mais produtivo.

  30. Adeníton Rocha

    Sr. Roberto, você é um imbecil irresponsável, seu artigo pode provocar a morte de milhares de portadores de HIV. Não sei como v. tirou suas conclusões. Só quero lhe informar que milhares de pessoas morreram em consequência da AIDS antes que as indústrias farmacêuticas lançassem seus produtos no mercado, se você puxar pela memória, aqui mesmo no Brasil, vários famosos morreram em consequência desta terrível doença.

    1. Roberto Villanova Post author

      Caro Ademilton: e os que morreram antes do artigo é culpa de quem? Irresponsável é quem acredita na verdade absoluta. Fale-me da tese do cientista. Lhe garanto que nenhum – NENHUM – dos 4 mil pacientes dele com HIV, que não tomam remédio, morreu. Fale-me sobre isso. Agora, se o cara já está tomando bomba aí, meu amigo, não tem jeito. Se parar de tomar bomba morre. Grato pela participação.

      1. Perola

        Alguém explica ao Pedro Bó que existem pessoas que se infectam com o hiv e NÃO DESENVOLVEM A DOENÇA. Como nem todo mundo que se infecta com o hpv desenvolve CA de colo de útero, nem todo mundo que se infecta com o vírus da hepatite B desenvolve CA hepático, nem todo mundo que se infecta com o htlv desenvolve linfoma. Depende do organismo. Meu filho, só no bairro que você mora tem mais de 4000 soropositivos, essa quantidade de pacientes que ele TINHA EM 1996 (esses pacientes nem existem mais) é desprezível. Meu tio morreu de AIDS em 1988 sem nenhum tratamento, foi infectado em 1986 e desenvolveu naturalmente a doença. A esposa dele é soropositiva mas nunca desenvolveu a doença, vive saudável até hoje. Graças ao seu organismo que é resistente.

        Admita que caiu num spam muito velho, porque você está passando vergonha demais.

        E não se inicia frase com pronome oblíquo (esse “lhe garanto…”). Até pra se dizer jornalista você tem que voltar às aulinhas de português.

    2. soropositivo

      o que vejo nos comentarios sao tendencias pre-conceituosas… antes de crucificar tanto o redator, quanto o cientista, necessario se faz usar o bom senso….

      bom sou soro positivo… e NUNCA tomei anti-retroviral…. nunca tive uma gripe, desde que fui infectado… apenas mudei radicalmente meu estilo de estilo de vida, minha dieta, minha cabeca…

      hoje estou muito bem obrigado,

  31. Elizabeth

    Roberto, sua “reportagem” já começa errado.
    Ele PROVOU? O Duesberg não provou nada, mas tem 20 anos que ele teima em dizer que o HIV e a AIDS não têm ligação.
    Isso foi quase uma teoria da conspiração que ele criou, que foi retirada do Medical Hypotheses, e que agora ressurgiu das cinzas no Italian Journal of Anatomy and Embryology.
    O HIV é um vírus inofensivo? Por favor!
    E onde estão as fontes que você citou aqui?

    1. Roberto Villanova Post author

      Cara Elizabeth: não existe a verdade absoluta e todos temos o direito ao contraditório. Apesar das explanações nada me convenceu do contrário; eu continua preferindo a tese do Duesberg até porque nenhum dos 4 mil pacientes dele morreu de AIDS. Ou morreu?

      1. Fernanda

        Concordo com você Roberto que não existe verdade absoluta, tanto que a muito tempo a ciência trabalha com hipóteses e não com verdades. Mas antes de qualquer coisa você deveria ter olhado em que época esse artigo foi publicado, 1989, ou seja, a tecnologia disponível naquela época era bem inferior a que se tem hoje. Também deveria ter disponibilizado o link do artigo. Segundo, tem várias informações que já foram desconstruídas. Terceiro, hoje sabemos que tem pessoas com mutações no gene, o que permite que você tenha o vírus no seu organismo e não a desenvolva. Procure sobre a mutação delta 32 CCR5, isso vai explica porque muitas pessoas não desenvolvem a AIDS a vida inteira. Quarto, artigo para ter “validade” no mundo científico tem que ter no máximo 10 anos com exceção de artigos base (descrevem morfologia de insetos, por exemplo). Quinto, posso citar mais inúmeras coisas que estão erradas no artigo.

        Para quem se interessar o artigo em questão é esse: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC286556/pdf/pnas00243-0009.pdf

      2. Elizabeth

        E quanto às quase 330.000 mortes prematuras que aconteceram na África do Sul enquanto ele estava desenvolvendo seu “projeto” lá, que não permitia que os pacientes tomassem medicação?

        Vamos levar também em consideração que foi aberto um processo da própria universidade de Berkeley para investigar o Duesberg por quebra de ética profissional, e que um dos co-autores desse artigo estava em um “conflito de interesses”.

        Esse artigo só chegou a ser publicado, em primeiro lugar, porque o Medical Hypotheses não exigia revisão paritária antes de publicar os trabalhos, e exatamente por isso foi retirado logo depois.

  32. Faustino

    Esse cidadão é um jornalista formado? Se fosse tão simples assim curar a AIDS, acredito que não teríamos países africanos com mais de 25% da população contaminada pelo vírus, a maioria dessas pessoas não têm acesso ao tratamento e garanto que elas não se curam, deixe de ser irresponsável ao criar um texto desse, você é formador de opinião, logo incentivar alguém a não procurar tratamento quando se está doente, além de irresponsável deveria ser crime.

    1. Fernando

      em nenhum momento ele disse que é simples curar a AIDS, ele diz que o HIV não leva a AIDS.

      em nenhum momento ele diz para não procurarem tratamento, o mesmo tem 4 mil pacientes diagnosticados com HIV

      poderia ler o testo de novo e ter uma interpretação melhor antes de julga-lo?

      1. Perola

        Fernando, ele caiu num spam velho que rola na rede há anos. Isso foi uma pesquisa de 1996, que se provou ser falsa. Muitos desses pacientes desenvolveram AIDS com o passar dos anos, pois a depender da cepa viral e da resistência do indivíduo, a latência pode passar de 10 anos.

        Ele só não quer admitir que pegou um spam e fabricou uma notícia como se fosse nova, mas que foi a grande polêmica de 15 anos atrás. E um dos episódios mais ridículos da ciência moderna.

  33. TCCC

    Vergonhoso como o maior jornal de veiculação do Estado de Alagoas, permite, que um cidadão, dito jornalista, descorra sobre um assunto de saúde pública com tanta irresponsabilidade. Estamos no século XXI, não se pode ter uma mente tão fechada para coisas, que através de estudos científicos, da medicina baseada em evidências, já está tão consolidado. E isso não tem nada a ver com a indústria farmacêutica, e sim, com evidências cietíficas e com a realidade. Sr. Bob, antes de publicar qualquer coisa desse tipo, converse com especialistas da área, procure artigos científicos que lhe deêm base para discutir com evidências. O senhor trata de um assunto que se tornou epidemia no mundo, e que mata! Cuidado, espero que o senhor não seja vítima de uma doença tão traiçoeira, e caso seja um dia portador deste vírus, aconselho que procure ajuda, pois caso o senhor deseje não seguir tratamento no momento que for indicado para tal, lamentarei tanto sofrimento que passará na sua vida. Abs

    1. João

      A Ciência não devia admitir verdades absolutas, ela se renova vendo e revendo seus conceitos. assim foi Galileu, que revolucionou a astronomia, com Einstein, revolucionou a física, e assim pode ser o ocorrido com esse senhor ai, revolucionando a medicina.

      1. Perola

        Essa “revolução” foi há 16 anos e já se provou centenas de vezes ser falsa.

        Se ele desse uma pesquisadinha no Google ele teria visto que isso foi uma asneira. Hoje em dia esse car vive recluso e por pouco não respondeu judicialmente por genocídio por sua postura ter sido adotada na África do Sul.

        Spam já é crime. E usar spam velho para fabricar notícia nova é uma agressão à inteligência do leitor.

        Pesquise no Google e verá que isso é tão novo quanto a fome…

        Parem de cair em spams gente. Pesquisem antes de acreditar em qualquer asneira.

  34. Marcos A. Lima Filho

    HIPÓTESES NÃO SÃO VERDADES CIENTÍFICAS.

    O DR. PAUL TEM… APENAS… UMA… HIPÓTESE…

    Daí pegar o trabalho do DR. Paul e fazer um texto desses… não assumindo a possibilidade da hipótese ser falsa… é muita irresponsabilidade!

    1. Bruno

      Elton,essa tese existiu em 1996,em 2000 o Dr Duesberg implantou um programa contra a AIDS na África do Sul e o número de mortes aumentaram de forma alarmante,o mesmo hoje encontra-se no ostracismo.Os medicamentos naquela época tinham muitos efeitos colaterais,os usados atualmente reduziram bastante os riscos,além disso a patente foi quebrada(vários laboratórios fazem)e o paciente pega o remédio pelo governo.O Roberto usou esse artigo como se fosse algo lançado agora,numa tentativa de atacar a medicina mercantilista(pelo que entendi é a medicina que passa remédio).O pior de tudo é a falta de caráter dele em admitir que errou em pegar um artigo defasado.

  35. Karine

    Olá! Você teve acesso ao artigo? Achei muito interessante o assunto e gostaria de ler mais sobre! Se possível me envie! Obrigada!

      1. Perola

        Gente, isso foi uma tese de 1996, que já foi contestada e comprovadamente negada dezenas de vezes por centenas de cientistas com milhões de pacientes.

        Não caiam nessa, ou vocês se condenam ou condenam familiares à morte. A resistência natural ao HIV existe sim, mas é uma loteria onde as chances de ganhar são pequenas. Não aposte sua vida nisso.

  36. Marco

    Desafio voce e o Dr a se contaminarem e não tomarem remédio. Nada melhor do que o exemplo para provar uma tese tão absurda.

    1. Roberto Villanova Post author

      Caro Marcos: eu tive gastrite e curei com pimenta malagueta e suco de limão, em jejum. E foi tudo o que me disseram que eu não deveria consumir. Nada de cítrico e é tudo mentira. Abs e grato pela participação.

      1. Perola

        É bom pra hemorróidas também. Pra você aconselho fortemente! Kkkkkkkkkkk

        Você não respondeu ao desafio. Vai se contaminar ou vai arregar? A segunda opção né?

        Caiu num spam de mais de 10 anos!!! (não me canso de dizer!).

        #masterfail

      2. Jester

        Prezado Roberto, provavelmente sua gastrite era advinda de um estado emocional somatizado. O limão e a pimenta surtiram como placebo. Novamente você foi enganado, acreditando que ácido cítrico associado à capsaicina e a piperina da pimenta lhe curaram.

        AMADOR É FODA! Graças a pessoas como você, temos uma mídia informativa MERDA no Brasil.

  37. Flaviano Santos

    Atenção Seu Roberto Villanova, leia uma matéria (link abaixo) de um jornal com “um pouquinho” mais de credibilidade que o seu antes de fazer comentários perigosos e irresponsáveis. Pois, mesmo que a proposta do Peter Duesberg mereça receber alguma atenção, essas notícias só devem ser anunciadas da maneira que vc fez, depois de um concesso na comunidade científica. Ao que me parece, a posição do Peter Duesberg está longe disso. Então, cuidado com que vc faz na vida, espere juntar mais uns caroços de milho antes de tentar fazer o munguzá.

    http://www.nature.com/news/paper-denying-hiv-aids-link-secures-publication-1.9737

  38. Peter Douchebag

    O maior dos absurdos! Até o sobrenome do autor dessa teoria já é um trocadilho com o seu caráter!
    Isso deveria ser crime! Induzir os outros ao erro e eventualmente matar pessoas com uma matéria desinformada dessas. Uma pessoa sem instrução na área que se propõe a escrever algo assim deve se assegurar das fontes, dos dados e dos fatos e, ainda que fossem verossímeis, dizer que essa é uma teoria criticada e que existem outras. E não mais um ignorante que publica asneiras pseudo-científicas como se fossem fatos, influenciando e podendo vir a matar pobres coitados ignorantes que não tiveram oportunidade de uma educação decente que permita questionar o que lêem, que podem vir a ler essa matéria e eventualmente não se informarem mais por acharem ser de uma fonte segura. Ou ainda pior, passarem a agir de maneira irresponsável por isso. Gostaria de vê-lo assumir esses riscos com a própria vida!
    Com a liberdade de expressão deve vir também a responsabilidade pelo que é publicado! Não apenas pela credibilidade de quem escreve, mas pelo poder das palavras.

  39. ALAN JACKSON

    A única coisa que acredito é que a aids foi criada num primeiro momento para reduzir a população e depois para enriquecer industrias farmacêuticas e governos.

    1. Perola

      O vírus do hiv foi isolado no tecido preservado de um homem africano que morreu de uma “doença desconhecida” na década de 30. Bem antes da manipulação genética de microorganismos, essa tecnologia nem existia. O htlv (primo do hiv) é conhecido há décadas também. O povo tem teorias de conspiração demais.

  40. Harrison

    Me desculpe o Dr Peter, mas sou um mero Agente Comunitário de Saúde e conheci uma pessoa que contraiu o vírus HIV e se recusou a se tratar com medicamentos.
    Resultado: em menos de 3 meses, essa pessoa morreu em decorrência da AIDS, sem tomar NENHUM remédio!

    Em quem acreditar?

    1. Anon

      A é mesmo sr agente de saúde ?! então me diga porque eu tenho o HIV a 22 anos e sendo que não tomo remédios a 8 anos, não estou morto, ou melhor, nunca fiquei doente, vc pode me explicar ?
      Todos que criticam não sabem o que é ter isso, eu tenho e nada sinto e jamais tomarei remédios algum, na minha saúde mando eu !
      A pra quem não acredita, meu e-mail ta ai, tenho todos os exames.

  41. Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Sir Bob – The bobo or El bobito – CENSUROU meus posts?

    Não sei se não seria caso de os Ministérios Públicos Federal, Estadual, Municipal ou da Saúde ou da Vigilância Sanitária ou as demais secretarias de governo interpelarem judicialmente ao autor do Blog se não ao webjornal onde edita todas essas infames, escabrosas, insensatas, insanas e inverídicas notícias provenientes de sua idiossincrasia ou da sissomia de sua “formação” ou de seus orgasmos intelectivos dedutivos de suas meras desconfianças por se achar um Sir Sherlock Holmes do jornalismo ou “the best” na área da saúde haja vista sempre discorrer contra aos médicos e medicina nacionais sempre em defesa daquelas da OPAS e de seus séquitos vermelhos ou comunasPATAs.
    Opa! Cuidado!
    Abr
    JG

    1. isabele

      (Joilson Gouveia Bel&Cel RR) aprende a escrever de um jeito que da pra entender sem frescura , e outra o doutor Peter Duesberg pode esta certo.no mundo de hoje eu acredito em pessoas que vão contra o governo e a a mídia capitalista por que ate hoje eles só fazem ou divulgam o que lhes convém.e caras como voce que vivi em um mundinho de merda nao tem a mente aberta a novas descobertas ou possibilidades. E se nao acredita Peter Duesberg vai fazer uma pesquisa que prove o contrario.

      1. Mauro Leocadio

        Nem todas as pessoas que morreram em decorrência de SIDA (sigla para AIDS em português) estavam em tratamento para o HIV. Antes que existisse um tratamento, elas já estavam morrendo. Motivo pelo qual, se buscou tratar. Se o HIV fosse como a gripe (ambos vírus, inclusive), o mundo científico não faria esse rebuliço por conta dele.
        A matéria é de uma irresponsabilidade inacreditável, e sem o devido embasamento. O Duesberg tinha muito crédito na comunidade científica, porque – como virologista – foi pioneiro na codificação e estudo dos oncogenes, contribuindo demais pros estudos do CA (cancer, de forma geral).
        O problema é que ele veio com essa teoria baseada em retórica e em trechos de literatura isolados apenas, sem nenhuma evidência científica!
        No governo da África do Sul, em que ele assumiu o programa contra AIDS, houve aumento de 330.000 casos na mortalidade por complicações consideradas evitáveis do HIV (se tratado).

      2. Joilson Gouveia Bel&Cel RR

        Agastada ou melindrada ou ressentida e sábia leitora nada urbana ou acadêmica , mestranda ou pós-doutoranda franciscana quiçá sorbonneana, quem sabe, né? O que a incomoda e o que te levou pensar que sou contra ao “Dr Peter” que até “PODE estar certo”, como o dissestes, mas, também, PODE ESTAR ERRADO, ou não? – que nem o conheço e nunca havia dele ouvido falar, salvo agora pelo Sir Bob – The bobo or El bobito – e quando poderás ensinar-me? Ah! Deves entender muito mais do que eu sobre o que te agastas (frescuras, claro, né?)
        No mais, não és compelida em ver, ler e entender o que tentei dizer… Simples: não o leias! Mas, daí a ousar em querer tentar impedir ou CENSURAR há um intervalo abissal daqui à Roma.
        Passar bem, mui bem – E é um prazer!
        Abr
        JG

  42. Moises

    Não estou querendo discutir nada, apenas curiosidade sobre a posição do pesquisador:

    Como surgiram as epidemias de AIDS na África e como se explica as mortes por lá ?

    As mortes atuais eu posso até prever, o argumento poderia ser de que os contabilizados como mortos são justamente os que são tratados. Mas o que me intriga é a condição inicial.

    Acredito que, inicialmente, a maioria da população não tinha acesso aos remédios, que passaram a ser mais disseminados quando se constatou a epidemia e a quantidade de mortes. Logo, o surto teria ocorrido antes de qualquer tratamento.

  43. Daniel

    Depois fala contra a regulação da imprensa, se é que isso aqui pode ser chamado de mídia digital. Este é um dos maiores absurdos que já vi na vida. Vá em qualquer hospital de pacientes com HIV/AIDS (maioria que não faz tratamento algum por não aderir ao mesmo) e compare com os pacientes que tratam corretamente nos ambulatórios.

    Você é um sensacionalista ridículo
    Você é um prejuízo social
    Seu blog é um desrespeito à ciência
    Você está ajudando a MATAR pessoas!

  44. Edna

    Caro Roberto,
    Vou repetir um dos parágrafos aqui para introduzir meu comentário:
    “Ele mantém 4 mil pacientes diagnosticados como portadores do HIV, ou seja, os chamados soropositivos, que não tomam remédio algum; são proibidos de tomar remédio”.
    Como assim ele mantém 4 mil? Pois saiba que existem milhares de contaminados hoje em dia que não necessitam de medicação, e são apenas acompanhados (assim como ele o faz para publicar seus trabalhos).
    Tenho a impressão que este pesquisador brincando com coisa séria, porque não confere base científica ao que divulga. Contra os 4 mil dele (que enche a boca para dizer que não usam remédios, como se isto fosse uma conquista dele, ms não é) estão outros 35 milhões de contaminados (dados recentes da UNAIDS).
    Vários indivíduos convivem com o vírus da AIDS atualmente. E isto não é resultado dos tratalhos deste pesquisador, e sim da capacidade imunológica de cada paciente e das mutações esperadas do agente contaminante.
    Querem atacar a indústria farmacêutica? Então escolham outro tema por favor.
    Querem uma desculpa para não usar preservativo? Então avisem suas companheiras que vocês são promíscuos, e pronto.
    Agora só falta chegar um e dizer que o vírus do HPV não transmite condilomas (cuidem porque dá até câncer de garganta como uns e outros andaram tendo por aí), ou que o da dengue não provoca a doença. É só o que falta…
    Quer dizer que os microorganismos causadores de doença estão sentadinhos em algum canto deste universo, balançando as perninhas, lendo jornal e com um copinho de refresco gelado do lado. Só para agradar a quem tem birra com a industria farmacêutica.
    Eitá! Vamos mudar de assunto né.
    A propósito, não sou farmacêutica, sou médica e não ganho dinheiro desta indústria. Mas não desejo a ninguém que se contamine com o vírus da AIDS. Protejam-se.
    Abraços

  45. Felipe Dias Martins

    Obrigado!!!! Agora pelo menos eu já sei que qqlr informação que vier do senhora agora ou futuramente eu já nem preciso me dar ao trabalho de ler! O senhor acabou de se ridicularizar publicamente! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Além de péssimo “jornalista” é uma pessoa de mente extremamente limitada!
    Nunca tinha ouvido falar do senhor, mas agora seu nome ficou marcado como o jornalista mais ridículo do Brasil !

  46. Melissa

    Essa é a prova de que qualquuer merda pode ser publicada na internet!! Mas eu DUVIDO que esse infeliz fique sem tomar as medicações se tiver com HIV. Chega a ser engraçado.

  47. Luis

    O senhor deveria pesquisar mais ao invés de abrir o e-mail, pegar qualquer inutilidade que te mandam, e postar aqui. Se realmente quisesse fazer uma reportagem, procura-se um infectologista especializado na area, no hospital de doenças tropicais de Maceió tem muitos.

    Isso que o senhor falou é uma das maiores lendas urbanas que eu ouvia na minha adolescência.

    Piada.

  48. Perola

    CAIU NUM SPAM DE MAIS DE 10 ANOS, KKKKKKKKKK!

    Troféu vergonha alheia vai para: Bob!!!

    Teoria que existiu em 2001, foi discutida de início, mas a tal “pesquisa” nunca existiu. O presidente da África do Sul caiu nessa em 2001 e o resultado foi uma prevalência de hiv de 30% e um verdadeiro genocídio pela Aids.

    Vai pesquisar antes de copiar e colar qualquer e-mail que recebe. Jajá ele vai fazer um artigo dizendo que desodorante dá câncer de mama (rola esse spam na internet, que é ridículo, mas como ele acreditou nesse que é tão ridículo quanto).

    A indústria farmacêutica nada tem a ver porque a Aids matou muita gente bem antes da sintetização do primeiro anti-retroviral. Eu tive um parente que morreu nessa época, não usava drogas nem lícitas nem ilícitas, nem fez tratamento nenhum para a Aids, até porque não havia nenhum medicamento para isso. Conversa mole.

    Vai pesquisar, vai se informar. Está caindo no ridículo esse blog…

  49. Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Bob, meu caro Bob, aquele que não é bobo e nem se faz de bobo, nem rasga dinheiro e nem come merdas e muito menos dorme de toucas e nem DÁ bobeiras ou chupa bico (chupetas) – sinceramente, tens o que nessa sua “linda” cabecinha? Acaso, só por acaso e por algum momento, já mensurastes, dimensionastes ou avaliastes o grau de irresponsabilidade ou de insensatez ou de insanidade ou seria de imbecilidade de um tremendo néscio ou atitudes ignaros ou quem sabe a incontestável ou insofismável e induvidosa comprovação do dito de Nelson Rodrigues: “Toda ignorância é atrevida.”?
    Sua “desinformação” ou, como bem disseram alguns comentaristas em seus posts (aqui se louve ao que foi postado por PEROLA) PRESTAS “desserviço”, MENTES, ENGANAS E INDUZES A ERRO AOS SEUS LEITORES, o que beira ao ridículo – é o que acontece com todo idiota que tenta ser o que não é: se frustra ou cai no ridículo – deveria ser penalizado ou multado ou “tirarem você do AR”, no mínimo. Se bem que seu “breve currículo vitae” de sua apresentação já diz tudo, diz-se SER jornalista, mas só se o foi por osmose ou mesmo formado a fórceps ou seria feito à marretas e retocado a martelos e serrotes – sem nenhuma formação acadêmica, faculdade ou universidade de jornalismos ou na área de comunicações ou de informações.
    Até onde vai a IRRESPONSABILIDADE DE SUA DOUTRINAÇÃO IDEOLÓGICA MARXISTA, LENINISTA, TROSTKISTA, SATALINISTA OU GRAMSCISTA DE QUERER DESACREDITAR E ENXOVALHAR À CLASSE MÉDICA E ÀS INSTITUIÇÕES DA REPÚBLICA BRASILEIRA?
    Aonde é que PENSAS ou pretendes PODER chegar com tantas ASNEIRAS, LEVIANDADES, INJÚRIAS, CALÚNIAS E INESCRUPULOSAS OU IMPRUDENTES INVERDADES E MENTIRAS?
    Já te disse antes, repeti e reitero aqui outra vez: deixa disso, para com isso e acaba com isso, Bob!*
    Abr
    JG

  50. Iraildson Filho

    Concordo, sou estudante de medicina também e passei matéria de Microbiologia I e II, e estudei virologia também, não sou um “EXPERT” mais entendo um pouco sobre o vírus e a síndrome, e só lembrando os preservativos e o coquetel são distribuídos pelo governo gratuitamente, se alguém lucra com isso, são os cientistas, acredito que provavelmente a maneira de se eliminar do vírus já tenha sido descoberta, mais não divulgada por questões que querem lucrar mais, mais pelo que estudei, o vírus sim ataca os linfócitos TCD4 que são os principais apresentadores de antígeno no corpo, e sem eles o corpo não tem como se defender de infecções simples como uma faringoamigdalite estreptococcica ocasionando na evolução rápida do quadro clínico do paciente portador do vírus até chegar a uma febre reumática, ou uma glomerulonefrite pós-estreptococcica. E as drogas usadas são somente para inibir a síntese de DNA e RNA e a ação de uma enzima chamada transcriptasa reversa, que é o que torna o virus tão difícil de ser codificado, impedindo sua multiplicação, prolongando assim a vida dos linfócitos TCD4 para que o próprio organismo possa se defender de infecções. Meu ponto de vista como estudante de medicina, não como leigo.

    1. Franciluz

      Concorda com o que? Com esse doido aí. Se for estude mais. Não esqueca que aqui no Brasil as patentes foram quebradas e a maioria das drogas nao custam mais que $0,80 por comprimido. E sobre as dificuldades inerentes a fazer o clearence de um virus que se incopora ao DNA humano voce estudou também?

  51. thiago

    nossa, nada a ver… a maioria das pessoas morrem pq nem desconfiavam q tinha hiv e qd escobrem ja esta na fase final da doença… ja q eh tao simples, e ja q o virus eh tao inofensivo, pq nao deliberadamente se infecta e ve qt tempo duraria sem medicamento? pq o prezado dr nao faz isso tb? seria a melhor maneira dele provar sua “brilhante” teoria…

  52. Diego

    Caro Roberto, hoje em dia temos o direito de deixar a nossa opinião para que outras pessoas saibam e possam usar nossas opiniões para acrescentar a delas. Portanto, como temos acesso a muitas mentes, precisamos de muito mais responsabilidades. Como o senhor é jornalista, presumo que já sabia disso. E minha ideia não é a de dar lição de moral. Gostaria apenas que pensasse em 3 coisas. Primeira: o senhor sabe o que é grau de evidência de um estudo? Antigamente, a melhor informação que se colhia era a opinião de um especialista sobre o assunto. Ele tinha estudo e muitos pacientes para comparações. Com o tempo, surgiu a Medicina Baseada em Evidências. Com ela surgiram os graus de evidência para um estudo. Estudos caso-controle, prospectivos, retrospectivos, randomizados, duplo-cego, e por ai vai. Cada um deles tem um grau de evidência, são “mais fortes ou mais fracos” que outros.Infelizmente a maioria dos estudos ainda são bancados por quem tem interesse e verba, ou seja, indústrias farmacêuticas. Porém, o fato é que um estudo que avalia 4 milhões de pessoas, tem “mais força” que uma opinião de um especialista que avaliou 4 mil pessoas. Fora o resto de todos os critérios e viéses que não vou entrar em detalhes. Segundo, do mesmo jeito que o outro comentário do colega, não sou infectologista, minha área também é cirúrgica, contudo, por muito tempo após o diagnóstico de HIV em um paciente, ele era apenas ACOMPANHADO no serviço de infectologia, com exames e conversas. Só era instituído tratamento após a certeza da doença, ou seja, AIDS. E, pelos meus conhecimentos, isso acontece em todos os serviços de infectologia e não só no que eu acompanhei. Portanto, como o AZT causa AIDS, se os pacientes só iniciaram o tratamento após terem a certeza da AIDS e não do HIV? E terceiro, o tratamento por vezes é difícil, pois o paciente tende a não continuá-lo ou nem começar. Por isso, será que esse dr. tem mesmo razão. Porque, se ele não tiver, esse texto forneceu sim um desserviço. Não escrevo para criticá-lo, mas sim para te trazer novos argumentos. Gostaria que pensasse neles. Hoje em dia a opinião pura e simples de um especialista vale muito pouco (é grau de evidência 5, a última) em detrimento de várias formas de estudar um assunto. Precisamos ter cuidado quando expomos nossas opiniões. Uma abraço.

  53. Franciluz

    Esse ano perdi uma paciente com AIDS que nunca tomou 1 comprimido sequer de antiretroviral. Teve o diagnostico através de neurotoxoplasmose e sua contagem de CD4 era de 8 e sua carga viral era mais de 250mil cópias. Morreu de Hipertensao intracraniana. Do diagnóstico a morte foram 15 dias. Espero que isso ajude a te demonstrar quantas vidas você esta tirando espalhando uma noticia nefasta como essa!

  54. Lucas Senger Jacobus

    Caro Roberto.

    O HIV foi identificado pelos Drs Gallo e Montagner em 1982/3, e não em 1938 como diz seu artigo.

  55. CARLOS

    meu caro roberto , nunca vi tanta bobagem escrita numa informação que se supõe séria. nem vou entrar em detalhes sobre essa sua suposta veracidade nessas informações supostamente sérias e científicas , ainda mais em se tratando de um cidadão(voce) que não deixa duvidas quanto ao capitalismo e suas mazelas(é o que voce deve pensar). queria apenas lhe lembrar que esses seus irresponsaveis comentarios podem induzir a erro varios cidadãos que porventura embarcarem nessa sua canoa mais do que furada ! voce pode vir a ser responsabilizado criminalmente por tal indução. cuidado ! pelo que vejo voce não é médico (senão não postaria tal absurdo), deve ser jornalista apenas e todo jornalista cauteloso primeiro estuda muito , se informa com fontes diversas e confiáveis e não tendenciosas e francamente bolivarianas , caso contrário o que lhe resta é pagar um enorme mico e virar motivo de chacota no meio científico !

  56. Eduardo

    Sr. Roberto Villanova.

    Por favor, a próxima vez que escrever sobre assuntos polêmicos, procure se atualizar.

    A “Hipótese de Duesberg” é algo conhecido há 17 anos, quando esse pesquisador publicou em livro. E ela não é escondida, mas combatida, devido à irresponsabilidade que a mesma causa.

    É sabido que as drogas usadas para o combate ao HIV possuem inúmeros efeitos colaterais, mas,diversos estudos também mostraram a melhora da imunidade e a diminuição da carga viral, com aumento da sobrevida e qualidade de vida.

    Quanto à contratação pelo governo da África do Sul, que não foi recentemente, mas há 13 anos atrás, em 2000, o senhor Peter Duesberg safou-se de ser responsabilizado, assim como o governo daquele país, pelas mortes de MILHARES de soropositivos, que não receberam o coquetel em tempo útil para seu tratamento, devido à essa teoria.

  57. RMax

    “De fato, o HIV foi identificado e isolado em 1938 pelos cientistas Robert Gallo e Lue Montagnier e a AIDS é uma “invenção” da década de 1980.”

    “Robert Charles Gallo (Waterbury, 23 de março de 1937) é um médico pesquisador estadunidense. É conhecido como um dos descobridores do vírus do HIV. Os créditos por essa descoberta, ou isolamento, do vírus HIV foram divididos com dois outros médicos do Instituto Pasteur da França, Dr. Luc Montagnier e Dra. Françoise Barré-Sinoussi. ”

    Onde está o erro?

  58. Elson Marques Jr.

    Meu caro, tudo bem que devemos ter liberdade de escrever, mas o bom senso de ao menos pesquisar de forma séria o assunto deve se ter.

    O Dr. Gallo que você cita ter isolado o vírus em 1938 nasceu em 1937 (http://pt.wikipedia.org/wiki/Robert_Gallo).

    Você pelo menos sabe como se dá o diagnóstico de AIDS? As medicações são iniciadas APÓS o diagnóstico de AIDS, no qual o paciente apresenta diversas manifestações, muitas gravíssimas.

    Até acredito que você teve boa intenção em escrever esse texto. Acredito que se emocionou achando ter descoberto um trabalho fantástico que vai de encontro à um conhecimento disseminado. Mas, da próxima vez que se emocionar assim novamente, tenha humildade e pense “por que algumas coisas são do jeito que são?”. E mantenha essa humildade ao passo que pesquisa e se informar melhor sobre o assunto. Essa teoria sem bases científicas (existe uma coisa chamada evidência científica, aconselho-o a ler sobre e ver qual o grau de evidencia do trabalho pelo qual você se apaixonou) não é nova, é só mais do mesmo de teorias conspiratórias inócuas.

    Navalha de Hanlon: “Nunca atribua à malícia o que pode ser adequadamente explicado pela estupidez.”

  59. Samuel Lucena

    “Todos os pacientes que morreram estavam sob acompanhamento médico”…Impressionante…Quem não é da área da saúde pode até acreditar nisso…Sou médico e já vi dezenas de pacientes darem entrada na UTI gravíssimos,indo a óbito por AIDS recém diagnosticada, quando não houve nem tempo hábil de iniciar um tratamento…

  60. Jean

    Roberto, basta ter um mínimo conhecimento em medicina pra perceber quanta bobagem há no texto. Basta saber, por exemplo, que não basta você estar infectado pelo HIV para começar a tratar com esses antirretrovirais; você só começa a usar eles quando tem doenças oportunistas e é definido que têm AIDS. Você só usa os remédios depois que tem AIDS, e não antes para que eles possam causar a mesma. Por favor, é um absurdo você insistir em divulgar um texto desses, ainda mais sem a referência sobre o tal trabalho. Você certamente está confundindo e prejudicando o tratamento de pessoas leigas que venham a ler esse texto, você está fazendo um grande mal a muitas pessoas. Tenha consciência disso!

  61. Bruno M.

    Ola, Roberto.

    Seria interessante uma pesquisa mais aprofundada sobre o assunto. Trata-se de um tema um pouco delicado para sair ressaltando pesquisas antigas, afirmando que o HIV é inofensivo e os remédios são os verdadeiros causadores da doença. Ótima observação a do Dr. Bruno acima. Eu ainda estou aprendendo muito sobre o tema, porém algumas informações publicadas, sem fontes seguras, pode confundir a cabeça de quem ainda é muito leigo no assunto.

    Achei válido você ter compartilhado, mas deveria ter se assegurado melhor sobre o que estava escrevendo e alertando os leitores de que se tratava de uma pesquisa etc.

    Se jogarmos o nome do Dr. Peter Duesberg no google, iremos obter informações sobre esta pesquisa e que ela foi feita e divulgada no ano de 1996. Não ganhou força, pois os remédios estão sendo efetivos nas vidas dos soropositivos.

    É uma longa discussão e precisa ser pesquisada a fundo. Como escrevi no inicio, ainda estou aprendendo sobre o tema. Mas deixo a dica que voce sugeriu para o leitor Andrei (acima): “…e quiser pesquisar mais não precisa ir à Califórnia; pela Internet mesmo se consegue.”

    Abraços.

  62. Carlos Alberto

    …que gera uma grande revolta da classe. Espero que as pessoas tenham a capacidade de filtrar as informações que são lidas na internet, como o absurdo que o senhor publicou.

  63. Hermes

    No mínimo estranho. O que dizer dos que morreram antes de aparecerem os coquetéis? Acho perigoso alastrar uma informação que pode levar muitos a tomarem uma decisão que pode lhes custar a vida.

  64. Perola

    Se souber ler em inglês:

    http://www.theguardian.com/science/blog/2012/feb/21/death-denial-hiv-aids

    Tem exemplos de pessoas que caíram nessa teoria idiota. Esse pelo menos é atual, de 2012.

    Ainda estou rindo de você ter caído nisso, kkkkkkkkkkkkkk!

    Eu já recebia esse e-mail há uns 6 anos. Costava se chamar spam. Esse Bob é daqueles que clica no link “É sério! Você foi o 1.000.000 visitante e tdm direito a um prêmio” e acaba entupindo o computador de vírus…

  65. Magno

    Gallo estava com 1 ano de idade e Montagnier tinha 6 quando isolaram o HIV, segundo a matéria. Palmas! Apenas, palmas.
    Belo trabalho de pesquisa que o sr. realizou na escrita dessa belíssima matéria, tão bem escrita, com tanta besteira junta. =D

  66. Perola

    Duesberg’s views on HIV/AIDS are cited as major influences on South African policy under the administration of Thabo Mbeki. Duesberg served on an advisory panel to Mbeki, convened in 2000. The failure of South Africa to provide antiretroviral drugs in a timely manner, due in part to the influence of AIDS denialism, is thought to be responsible for hundreds of thousands of preventable AIDS deaths and HIV infections.[12][13] Duesberg disputed these findings in an article in the journal Medical Hypotheses,[14] but the journal’s publisher, Elsevier, later retracted the article over accuracy and ethics concerns as well as its rejection during peer review.[15][16] The incident prompted several complaints to the University of California, Berkeley, which began a misconduct investigation of Duesberg in 2009.[17][18] The investigation was dropped in 2010, with University officials finding “insufficient evidence…to support a recommendation for disciplinary action.”[19][20]

    ESSA TEORIA FOI MODINHA EM 2001, HOJE ESTÁ COMPLETAMENTE RIDICULARIZADA. Vai pesquisar, vai…

    Caiu num hoax de mais de 10 anos!

    MASTER FAIL!!!

  67. Perola

    Pontos contra a teoria de Duesberg:
    – Os antirretrovirais tem comprovada eficácia em reverter os efeitos da infecção pelo HIV. Reduzindo a carga viral e permitindo a regressão a valores aceitáveis dos linfócitos T CD4.

    – Todo indivíduo com SIDA apresenta em seu organismo o HIV. Porém, os métodos utilizados para diagnósticos são métodos sorológicos, ou seja, baseados na presença de anticorpos no organismo, e não do vírus. Essa escolha se deve ao fato dos métodos sorológicos serem mais acessíveis em termos de custo. Porém, é possível a existência de anticorpos com afinidade pelas proteínas do HIV em pacientes não infectados como pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico, Gestantes e em reação a certas vacinas como a H1N1 (raro). A presença de anticorpos nesses casos de deve a reação-cruzada com antígenos similares a proteínas do capsídeo ou do core do HIV.

    – O HIV causa uma imunodeficiência. Mas, nem todo imunodeficiente apresenta HIV. Por exemplo, pacientes com tumores como linfomas podem ser imunodeficientes, e, desse modo, podem apresentar doenças oportunistas, inclusive Sarcoma de Kaposi.

    – Os sintomas causados pelo HIV estão relacionados a imunodeficiência, ou seja, infecções e neoplasias oportunistas. Porém, pelo sistema imunológico ser dinâmico, a infecção pode se manter silenciosa por muito tempo.

    – O vírus HIV não é o único a causar doença depois de um longo período de tempo. O HTLV (vírus linfotrópico humano), um vírus irmão do HIV, pode causar leucemia após vários anos de infecção em 1% dos infectados. O HPV causa mutações a nível nuclear podendo levar a carcinomas de colo uterino, pênis, vulva ou canal anal que vêem a surgir de 10 a 20 anos após a infecção. O vírus da Hepatite B e Hepatite C podem levar a cirrose, sintomas de insuficiência hepática e hepatocarcinoma em um período superior a 10 anos.

    – As indústrias farmacêuticas são movidas pelo capital e controlam a maioria das pesquisas relacionadas a maioria dos medicamentos. Isso não é algo exclusivo dos anti-retrovirais.

    – Duersberg cita que a etiologia da infecção são as drogas antirretrovirais e recreacionais. Isso não justifica o surgimento da doença em indivíduos que jamais fizeram usos de drogas e nos indivíduos ainda sem tratamento. O mesmo é válido para tentar criar um nexo causal com desnutrição e doenças parasitárias.

    – Há muito tempo o HIV deixou de ser uma doença exclusiva de grupos de risco. Hoje, a infecção sobre com a feminilização (mais mulheres infectadas), interiorização (a doença sai dos grandes centros), maior incidência em homossexuais jovens, o surgimento da infecção na terceira idade (pela má adesão ao uso de preservativo nessa faixa etária) e heterossexualização (os heterossexuais passam a ser a maior porcentagem de infectados).

    – Atualmente se conhece o vírus HIV a nível molecular e genômico. As drogas atualmente existentes agem em cada uma das porções do ciclo de vida do vírus e demonstram a capacidade desses medicamentos de reverter a imunodepressão.

    – Todo medicamento possui efeitos colaterais. Então, toxicidade não é algo exclusivo dos antirretrovirais.

    – A zidovudina (AZT), pode, sim, causar supressão medular. Mas isso não é sinônimo de imunodepressão.

    – Outros esquemas antirretrovirais se mostraram com menores efeitos colaterais e eficácia contra a evolução da infecção do HIV para SIDA, não provocam qualquer alteração a nível medular e permitem a melhora dos parâmetros imunológicos.

    – A combinação de inibidores específicos das enzimas virais permitiu a melhora das condições clínicas dos pacientes. Mutações no genoma do HIV induzem a resistência a esses inibidores e levam a recaídas e agravamento do estado clínico dos referidos pacientes.

    – Em 1986, foi isolado um segundo vírus, o HIV2, em pacientes provenientes do oeste africano internados em um hospital de Lisboa. Estes pacientes tinham sinais e sintomas de AIDS mas não anticorpos contra o primeiro vírus. De fato, eles somente apresentavam anticorpos contra a glicoproteína menos específica da superfície viral. Posteriormente, foram descobertas outros antígenos específicos do HIV2 que permitiram sua inclusão nos testes sorológicos existentes.

    – A genotipagem e o perfil de resistência do HIV tem correlação com a droga que o paciente esteve utilizando e permite a substituição de terapêutica para esquemas efetivos, com melhora laboratorial se a escolha estiver correta.

    – A reação em cadeia de Polimerase (RT-PCR) é capaz de detectar e amplificar o RNA do vírus HIV e faz parte da rotina para início da terapêutica no indivíduo soropositivo e demonstra a eficácia da medicação quando esta é instituida.

    – Não são citados os milhares de médicos e cientistas ao redor do mundo que não concordam com Duersberg.

    – O decréscimo dos casos de AIDS observados desde a década de 80 e mais acentuadamente após a década de 90 está claramente relacionado com a introdução dos antirretrovirais, em especial, da terapia tríplice altamente efetiva (chamada em inglês de HAART).

    – Houve aumento do uso de certas drogas recreacionais da década de 80 a 90.

    – A transmissão por HIV através de transfusões de sangue praticamente desapareceu em países onde a detecção de anticorpos anti-HIV foram implementados.

    – As taxas de falha com a terapia tríplice ocorre em 30 a 50% dos pacientes. A eficácia, na grande maioria dos estudos, se encontra em 70%. As principais causas de falha são a não aderência ao tratamento ou a presença de vírus HIV previamente resistente a droga.

    – Peter Duesberg não é médico. E os argumentos por ele utilizados são muito mais teóricos do que práticos. Sem dúvida, muitas experiências pessoais de médicos poderiam ser citadas como comprovações de causalidade e efeito terapêutico dos antirretrovirais (vide exemplo do Dr. Benjamin Young).

    – Luc Montaignier, um dos descobridores do HIV (na época HTLV III), jamais se nominou como “Denialist” (indivíduos que negam a causalidade HIV e AIDS). Além disso, Luc Montaignier é um dos grandes defensores da criação da vacina terapêutica, ao invés da preventiva, e de que o HIV e AIDS não devem ser combatidos somente com medicamentos, como também, com uma boa nutrição. E, inclusive, ao receber o prêmio Nobel, afirma que Duesberg está errado (vide referências). E, sem dúvida, este não é o único médico ou cientista que é citado enganosamente como apoiadores da hipótese de Duesberg

    Fonte: Wikipédia

    1. Amigo do Povo

      Parabens, você foi muito esclarecedora. Apenas acho que em se tratando de Blog ou lá que seja, este não é o assunto que deva tratar com tanta leviandade. O que está em jogo é a vida humana !

  68. Alberto

    Incrível ver uma matéria deste nível hoje em dia. Notei que o autor, em nenhum momento, dá sequer um argumento, uma justificativa para que acreditemos nesta “teoria”. É uma pena ver que, ao passo que a ciência avança, sempre podemos contar com alguém para dar um passo atrás. E pior: levando outros junto. Em tempo: é fato conhecido há muito tempo que há ALGUMAS pessoas soropositivas mas que, por causas genéticas, não desenvolvem a AIDS. Isso decorre de traços do indivíduo, não tem nenhuma relação com o vírus. Isso já é bioquimicamente explicado. Qualquer um que se intitule um cientista deveria ter vergonha de usar esses casos para disseminar a ideia de que o HIV não causa mal ao homem. Espero que os leitores tenham mais senso crítico que o blogueiro, que pelo visto acredita no “cientista” só para ser “do contra”.

  69. Perola

    E meu tio que morreu de Aids em 88, antes da terapia anti-retroviral, morreu de quê? O vírus foi isolado por Gallo e Montaigner na década de 80, não em 38. No Hélvio Auto eu vi os anti-retrovirais salvarem pessoas à beira da morte. Ele tem 4 mil pacientes? Um tiquinho perto dos 3 milhões de brasileiros portadores, trials internacionais de milhões de pacientes. Casos de remissão espontânea do hiv tem aos montes, só mais um sofisma. Não é a toa que na África (onde essa teoria é disseminada) a soropositividade chega a 30%, enquanto no Brasil é 0,03%. Eles estão realmente comprovando que essa teoria é furada…

  70. Marcus Pessoa

    Seu artigo é apenas criminoso.

    O “estudo” de Peter Duesberg foi largamente falsificado; foram eliminados do relatório dados reais que o contradiziam, e inflados dados que o “confirmariam”.

    Essa informação se consegue facilmente, basta pesquisar, mas você enaltece um charlatão e influencia os leitores a achar que não tem problema fazer sexo sem proteção, porque o problema não é o HIV!

    Que triste é o mundo hoje, onde a desinformação deliberada chega à grande imprensa.

  71. Bruno

    Outra coisa,Roberto.O Dr Duesberg foi contratado pelo Presidente da África do Sul no ano de 2000,ela não acabou de ser contratado.Nessa época a África do Sul vivia um epidemia de AIDS.

  72. Bruno

    Bob,essa teoria do Dr Duersberg é do ano de 1996,não é algo atual.Eu não sou infectologista,minha área é cirúrgica,se enveredar pelos caminhos da AIDS é uma aventura complexa.Para você ter ideia, 5 mil cientistas de 80 países assinaram a Declaração de Durban, documento reunindo todos os estudos que relacionam a aids à presença do HIV. Mas nem todos os coquetéis de drogas, nem toda a ciência oficial reunida até hoje sobre o tema são capazes de oferecer um alívio concreto e sem riscos aos doentes. A única certeza sobre o tratamento ou a cura da aids é que ainda há muito mais perguntas que respostas.
    A terapia anti-retroviral, usada para o controle da Aids,causa efeitos colaterais em muitas pessoas. Os efeitos vão desde a náusea a sonhos estranhos, e até mesmo danos nos nervos. Para as pessoas que usam as mais novas formas do remédio, os efeitos colaterais são diminuídos.
    Outro problema na batalha contra a aids é a progressiva resistência do vírus aos medicamentos. O tratamento é difícil. São vários comprimidos ao dia. Em média, um esquema funciona bem por dois anos. Mas quem toma errado torna o vírus resistente.As pessoas começam a sentir-se melhor e abandonam o tratamento,inicialmente há um melhora,mas os vírus que possuem resistência multiplicam-se e originam vírus resistentes.Como no caso de uma Sul-africana.Soropositiva, ela virou símbolo da propaganda contra o coquetel de drogas, que julgava servir apenas aos interesses dos laboratórios farmacêuticos. Convencida pelo próprio ministro da Saúde da África do Sul a abandonar as drogas anti-HIV, ela passou a tomar beberagens à base de alho, extrato de batata, limão e espinafre. Em três meses, sua contagem de células de defesa aumentou. Entusiasmada, passou a dizer que era a prova científica de que a mudança na dieta funciona contra a aids. Mas a boa fase imunológica dela durou pouco.Ela morreu de aids no final de maio de 2006, aos 32 anos, antes de concluir sua auto-biografia, De Vítima a Vitoriosa.
    Então,Bob,essa teoria,pode estar certa,mas quando acadêmico da antigo HDT,hoje Hospital Helvio Auto(Justa homenagem)vi pacientes melhorarem com o coquetel e alguns em fases avançadas da doença morrerem com doenças oportunistas(como pneumonia fúngica) e sarcomas de caposi pelo corpo todo.Esperemos então resultados mais concretos para poder divulgar que o coquetel é o grande vilão na luta contra AIDS.
    Abraço

    1. Claudia

      Bruno, parabéns pelo que vc escreveu.
      Estou de acordo com o que disse. É muito grave falar contra o coquetel, que ajuda e muito as pessoas que contraíram a AIDS.
      Que este cientista Peter tenha consciência e responsabilidade no que está dizendo. Um estudo profundo como o que ele fez não pode descartar o que na realidade também ajuda muitas pessoas a viver sua vida de maneira um pouco mais normal.

      1. Bruno

        Pois é,Cláudia.Imagina que um pessoa leia essa informação e tenha um parente que faça o uso do coquetel,ele pode mandar o parente parar de usar o medicamento,e além de parar de usar o medicamento o paciente espalha para outros usuários para que eles parem de tomar os medicamentos,esse será um efeito cascata que trará prejuízos a várias pessoas.O problema é que o Roberto acha que nós médicos somos pessoas desalmadas,facínoras e mercenários ao ponto de manter uma pessoa doente e morrer com doenças oportunistas apenas para ganhar dinheiro.Ele acabou se confundindo e pegou um artigo qualquer só pelo fato de denegrir a imagem dos médicos
        Abraço

        1. Roberto Villanova Post author

          Prezado Bruno: todos nós temos direito à informação. A informação não pode ser apenas essa que coincide com o seu ponto de vista. Eu, por exemplo, continuo preferindo a tese do Peter. Abs.

          1. Roberto Villanova Post author

            Caro Bruno: acho que não me fiz entender. Eu não considero o médico um desalmado, não sou louco. O que eu sou contra, mas radicalmente contra, é a medicina mercantilista – que é aquele que vive da doença. Eu curei minha gastrite com pimenta malagueta e suco de limão, sem água nem açúcar, em jejum. E era tudo o que a medicina mercantilista me proibia de consumir.

          2. Bruno

            E o que é uma medicina mercantilista?É receitar no caso de gastrite com comprovação de H.Pylori omeprazol e antibióticos que se pegam no posto de saúde?Não,meu caro,isso é medicina,só isso.Isso é que está escrito e comprovado em milhares de pacientes.Divulgar algo que interfira no tratamento preconizado e ajuda milhares de pessoas é,no mínimo,insanidade.
            O que você informou é errado,você jogou uma informação de anos atrás como se fosse algo divulgado na ultima edição do “The Journal”.Você sabe que está errado e se esforça para justificar o erro

          3. Bruno

            Ah,um conselho sobre a sua gastrite,procure um médico para dar uma olhada no seu estômago,limão e pimenta estimulam a produção de ácido clorídrico e terminam por danificar a camada mucosa protetora da parede do estômago,podendo agravar o quadro(o mesmo pode ser assintomático),é apenas uma dica.Não siga estas receitas malucas

    2. Iraildson Filho

      Concordo, sou estudante de medicina também e passei matéria de Microbiologia I e II, e estudei virologia também, não sou um “EXPERT” mais entendo um pouco sobre o vírus e a síndrome, e só lembrando os preservativos e o coqueluche são distribuídos pelo governo gratuitamente, se alguém lucra com isso, são os cientistas, acredito que provavelmente a maneira de se eliminar do vírus já tenha sido descoberta, mais não divulgada por questões que querem lucrar mais, mais pelo que estudei, o vírus sim ataca os linfócitos TCD4 que são os principais apresentadores de antígeno no corpo, e sem eles o corpo não tem como se defender de infecções simples como uma faringoamigdalite estreptococcica ocasionando na evolução rápida do quadro clínico do paciente portador do vírus até chegar a uma febre reumática, ou uma glomerulonefrite pós-estreptococcica. E as drogas usadas são somente para inibir a síntese de DNA e RNA e a ação de uma enzima chamada transcriptasa reversa, que é o que torna o virus tão difícil de ser codificado, impedindo sua multiplicação, prolongando assim a vida dos linfócitos TCD4 para que o próprio organismo possa se defender de infecções. Meu ponto de vista como estudante de medicina, não como leigo.

      1. Wesley

        Pois, caro Iraildson, como médico formado há alguns anos, te digo uma coisa: você precisa estudar MUITO mais, e sair do “achismo”. No momento, você ainda é um leigo no assunto, e o pior, se achando sabido.
        Meta a cara nos livros meu filho!!

  73. Arnaldo Santtos

    Roberto Villanova

    A indústria farmacêutica é perversa. Basta ver os comerciais de TV em que o “cliente” é “contemplado” com uma caixa de medicamentos, se comprar duas. Ou seja, um absurdo. O medicamento é vendido como um produto de primeira necessidade.

    Mas, já que você citou Chico Buarque. Veja a letra da música:

    As Cartas
    (Chico Buarque)

    Ilusão
    Ilusão
    Veja as coisas como elas são
    A carroça
    A dama
    O louco
    O trunfo
    A mão
    O enforcado
    A dançarina
    Numa cortina
    O encarnado
    A dançarina, o encantado
    O encarnado numa cortina
    O enforcado

    Ilusão
    Ilusão
    Veja as coisas como elas são
    O curinga
    A noiva
    O noivo
    O sim
    O não
    O prateado
    O cavaleiro
    No seu espelho
    Desfigurado
    O cavaleiro, o prateado
    Do outro lado do seu espelho
    Desfigurado

    Ilusão
    Ilusão
    Veja as coisas como elas são
    A fortuna
    A roda
    O raio
    A imensidão
    O estrelado
    O obscuro
    O seu futuro
    Embaralhado

    Realmente precisamos de bons “óculos” para não ficarmos com o futuro embaralhado.

    Bom, a letra diz tudo.

    Um grande abraço.

    arnaldo santtos

  74. Antoniobrasil

    Bob, você foi feliz em publicar e esclarecer um ponto de vista e uma pesquisa!Não duvido não viu?! Vale a pena imprimir e distribuir,no mínimo entre os mais próximos.Sucesso total!

  75. Gustavo Gomes

    Ui!
    Bob Villa – Roberto Villanova – Este texto é tenso. Vou buscar mesmo o trabalho do Dr. Peter.
    Sinto fundamento no que acabas de escrever. Olha o DIN-DIN, copiando Caetano Veloso, ergue e destrói coisas belas, inclusive os homens.
    Cara, que texto.
    Saúde para tu por muito tempo.

  76. Andrei

    Prezado Bob
    Espero que você nunca adquira o vírus HIV e nem sofra as mazelas trazidas por ele em seu corpo ou no de um ente querido. Mas caso te ocorra tal infortúnio, seja humilde em buscar ajuda correta, com as revolucionárias medicações anti-retrovirais, que hoje ajudam milhares de pessoas ao redor do mundo a sobreviver com mais qualidade de vida a esta terrível doença.
    Espero que você tenha responsabilidade com o que escreve, esteja embasado em pesquisas clínicas grandes e controladas (trials), com nível I de evidência, para poder disseminar esta informação absurda que trouxe este texto de hoje.
    Hoje você merece ganhar um prêmio: o desserviço à saúde pública do ano de 2013. Sinta-se premiado.
    Espero que tenha saúde e vida longa, para que, quem sabe um dia, reconheça e se retrate dos absurdos que escreve.

    1. Roberto Villanova Post author

      Caro Andrei: desculpe-me, mas sinto-me premiado por ter informado à população sobre o trabalho magnífico do dr. Peter. Muita gente não sabia e agora ficou sabendo e se quiser pesquisar mais não precisa ir à Califórnia; pela Internet mesmo se consegue. E sinto-me com a sensação do dever cumprido por ter espalhado esse trabalho maravilhoso do dr. Peter. Desserviço eu teria prestado se me juntasse à maioria que o isolou e esconde o seu trabalho. E esconde por que? Grato pela participação.

      1. Felipe Bastos

        Prezado Bob,

        Me esclareça por favor somente uma coisa: qual sua área de atuação? Gostaria também, se possível, que você me dissesse se acredita que absolutamente todos os pesquisadores, de qualquer área que seja, são manipulados e comprados pela indústria farmacêutica?
        Eu tenho que concordar que racionalmente, a cura definitiva para qualquer doença não seria do interesse de nenhuma indústria que lucra muito mais com tratamentos de doenças crônicas. Porém, um comentário como o seu, numa internet onde as pessoas não sabem de onde vem e assumem como verdade, eu vejo como necessário que você esclareça se você trabalha com saúde ou com pesquisa, ou não. Vejo como extremismo, como irresponsável, da mesma forma como muitos acreditam cegamente em qualquer coisa que explique o inexplicável.
        Eu não trabalho para nenhuma indústria, sou músico erudito, entretanto estudei Medicina por 4 anos, e nem cheguei a ter contato de nenhum tipo com a indústria farmacêutica, entretanto tive sim muito contato com as pesquisas da área, e além disso tenho amigos soropositivos.
        Espero que você esteja ciente da responsabilidade para com a saúde das pessoas que leram seu artigo aqui, para o mal ou para o bem, devemos assumir a responsabilidade do que falamos.
        Um abraço.

      2. aeioutil

        Bob, ainda não vi você citar fonte alguma com o link para os trabalhos, especialmente publicação em periódicos científicos, já que “trabalho” qualquer um faz, o difícil é ter a pesquisa reconhecida como de valor e impacto por revistas com conselho editorial que analisam o artigo, veracidade e conflitos de interesse.

      3. Magno

        Talvez escondam por saberem que ele enlouqueceu. Como se justifica a morte de todos os pacientes que morreram antes dos coquetéis, alguns famosos inclusive, como Cazuza e Freddie Mercury?

      4. Carlos Alberto

        Um dos maiores absurdos que eu li esse ano. Concordo plenamente com o Andrei, o senhor Roberto Villanova não sabe o que escreve. Acabou de fazer um GRANDE DESSERVIÇO À SAÚDE PÚBLICA! Cheguei nesta notícia através do facebook e espero que não dissemine pela rede. Seu texto é baseado em um trabalho antigo e sem apoio nenhum das maiores revistas científicas do mundo. E sim, a indústria farmacêutica é perversa, a única coisa correta que o senhor foi capaz de escrever. Em um mundo perfeito, jornalistas que publicam artigos relacionados à saúde deveriam ser médicos, biológos…Nós médicos somos obrigados a ler tantos absurdos q

      5. Perola

        Esse “cientista” hoje em dia vive recluso por ter sido protagonista de um dos episódios mais ridículos da ciência moderna. Essa teoria foi em 2001 e foi refutada dezenas de vezes pelos mais diversos cientistas de todos os países do mundo. Ele recebeu esse e-mail (que rola na rede há uns 10 anos) e achou que descobriu a roda. Basta pesquisar o nome dele na Wikipédia e vocês verão todas as falhas dessa teoria. Eu postei aqui, mas ainda aguarda moderação. Coisas de quem não sabe usar o Google. Troféu vergonha alheia duplo: primeiro, por postar spam velho; segundo, por nem se dar ao trabalho de ir ao Google dar uma pesquisadinha (filtragem nenhuma). Kkkkkkkkkkkkkk.

    2. Claudia

      Andrei, gostei muito do que vc escreveu. O vírus HIV é muito sério e a AIDS, então, nem se fale. Vc escreveu de forma muito objetiva e séria. E o que o cientista Peter nos diz sobre o Cazuza, Fred Mercury, e muitas outras pessoas que passaram devido a esta doença? Este coquetel é de suma importância, já salvou e salva muitas vidas.
      Que este cientista veja bem o que está escrevendo…

    3. CARLOS

      andrei , disse o suficiente mas o roberto acredita mesmo que tem razão !! , só nos resta lamentar porque certamente o roberto vai fazer parte do anedotário no meio científico , junto com seu admirado peter duesberg.

    4. Ricardo Brum

      Andrei, trabalho na Fiocruz, um orgão referência para muitos tratamentos na área de saúde pública e confesso que fiquei surpreso com esse documentário sobre o tema citado.Sou da área científica e embora saibamos do poder gigante da industria farmacêutica (e não vivemos sem ela, graças a Deus), mas não existe ciência ou pesquisa sem evidências.
      Parabéns por tuas corretas e claras colocações.

Comments are closed.